Informações básicas sobre materiais asfálticos – IBP

Informações básicas sobre materiais asfálticos – IBP

O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) publicou um documento técnico em suas redes sociais chamado INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE MATERIAIS ASFÁLTICOS, onde consta a importância das características dos agregados no desempenho das misturas asfálticas.

Este documento foi elaborado pelo corpo técnico da Comissão de Asfaltos do IBP, com o objetivo de subsidiar os profissionais das diversas áreas de atuação rodoviária, bem como da área acadêmica.

Foi gravado um vídeo para a divulgação desta publicação, que conta com a participação dos responsáveis pela elaboração do documento. A publicação está disponível no Youtube e no site do IBP, conforme links abaixo:

Leia Mais

Novo centro de calibração da Dynatest inicia operação

É com grande satisfação que anunciamos o início da operação do novo Centro de Calibração da Dynatest Engenharia para equipamentos do tipo Falling Weight Deflectometer (FWD), que acaba de ser certificado pela AASHTO.

A Dynatest Engenharia conta agora com 3 profissionais certificados com proficiência para calibração do FWD reconhecidos pela AASHTO.

O FWD tem como finalidade conhecer a bacia de deflexão de pavimentos rígidos e flexíveis, simulando o impacto de uma roda em movimento a partir da aplicação dinâmica de cargas. Desse modo, com o compromisso de garantir a máxima qualidade na avaliação de pavimentos e a transparência dos seus serviços, a Dynatest disponibiliza em suas instalações na cidade de Jacareí-SP, seu Centro de Calibração, cujos serviços poderão ser acompanhados pelos clientes.

Assim como recomendado nas especificações do fabricante, para equipamentos do tipo deflectômetro de impacto é necessário que sejam feitas calibrações anuais, chamadas calibrações de referência, a fim de garantir a acurácia e confiabilidade nas informações coletadas com o equipamento.

As calibrações garantem a confiabilidade nos resultados dos levantamentos deflectométricos ao longo da vida útil do equipamento, pois a utilização contínua do equipamento FWD afeta a precisão na coleta de informações, prejudicando os resultados das avaliações.

Para padronizar e regulamentar os métodos de calibração do FWD e de outros equipamentos de medição, segue-se a norma R-32 da American Association of State Highway and Transportation Officials (AASHTO).

A calibração é feita na célula de carga e nos sensores do equipamento, conhecidos como geofones que são os responsáveis pelas leituras das deflexões do pavimento. Ao final do processo, é emitido um Certificado de Calibração, que garante que o equipamento está apto para uso e com a confiabilidade recomendada pelo fabricante.

Essa grande notícia permitirá que os administradores, consultores, pesquisadores e proprietários de equipamentos do tipo FWD possam acompanhar de perto as calibrações dos equipamentos que forem efetuar levantamentos de pavimentos em suas redes rodoviárias.

Leia Mais

Recomendações da ANAC para utilização de equipamentos FWD e HWD em aeroportos

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) emitiu um alerta (001/20219) aos operadores de aeródromos visando orientar sobre as cargas utilizadas em Ensaios Não Destrutivos (END) com o objetivo de se determinar a resistência dos pavimentos aeroportuários pelo método ACN/PCN referido na seção 153.103 do Regulamento Brasileiro da Aviação Civil – RBAC n° 153 e cujas orientações detalhadas encontram-se na IS 153.103-001 – revisão A.

De forma resumida, consta no documento que, os equipamentos mais utilizados para levantamento das bacias de deflexão em pavimentos são o FWD (Falling Weight Deflectometer) e o HWD (Heavy Weight Deflectometer). O FWD pode, em função do fabricante, aplicar uma carga que varia entre 7 e 240 kN, enquanto o HWD pode aplicar cargas de 13 até pouco mais de 300 kN.

Nesse sentido, a ANAC destaca a necessidade dos operadores de aeródromos – no processo de avaliação ou contratação de tal serviço – atentarem para o uso de cargas compatíveis às aeronaves em operação ou que pretendam operar no aeródromo. Consta também no documento uma tabela com diversos equipamentos de ensaios não destrutivos com suas respectivas cargas de forma orientativa.

Portanto, o alerta em questão, no final do documento, recomenda o seguinte:

  • Os operadores de aeródromos devem atentar para a compatibilidade das cargas utilizadas por empresas contratadas na realização de ensaios não destrutivos visando à determinação do PCN de pavimentos aeroportuários;
  • Para essa finalidade, os principais equipamentos disponíveis atualmente são o FWD e o HWD, cuja principal diferença entre eles consiste na intensidade da carga aplicada ao pavimento. Nesse sentido, uma análise da compatibilidade da carga aplicada ao pavimento por aeronaves e a carga a ser utilizada pelo equipamento de ensaio deve ser realizada.
Leia Mais