MISSÃO, VISÃO E VALORES

MISSÃO, VISÃO E VALORES

Com o intuito de ter claro os objetivos e crenças da empresa, a Dynatest divulga qual sua Missão, Visão e Valores. Esses três elementos são os pilares da sua cultura organizacional  e  tê-los bem definidos é essencial para uma concepção clara do nosso propósito. 

Veja abaixo qual é cada uma delas:

Missão

A Dynatest Engenharia possui como meta fornecer serviços de engenharia consultiva com inovação e qualidade diferenciada por meio de produtos confiáveis, valorizando o talento das pessoas que criam, que inovam e que movem a Dynatest. A satisfação dos nossos clientes será sempre prioridade.

Visão

Ser a empresa mais admirada no mercado em que atua, com destaque para eficiência, executando projetos com quadro técnico multidisciplinar, soluções de engenharia inovadoras e produtos de qualidade.

Valores

  • Respeito à vida e ao meio ambiente
  • Ética inegociável
  • Integridade
  • Inovação tecnológica
  • Qualidade técnica
  • Dedicação
  • Comportamento de Equipe
Leia Mais

23º Encontro de asfalto – 2ª edição

Se você gostou do evento de estreia pode comemorar, pois o 23º Encontro de Asfalto, promovido pelo IBP, está de volta em sua 2ª Edição.

Nessa edição, convidados renomados se reunirão para debater os desenvolvimentos tecnológicos dos equipamentos de construção de pavimentos, a gestão adequada da compactação e do acabamento de misturas asfálticas, e como a tecnologia 3D pode ajudar no ajuste geométrico do greide da rodovia, além de diversos outros temas de extrema relevância para o setor.

Seja você um estudante interessado na área ou um profissional veterano, não perca a chance de atualizar seus conhecimentos nesse evento com a participação e a curadoria da Comissão de Asfalto do IBP.

Garanta sua vaga agora mesmo. O evento será no dia 31 de agosto no formato on-line, com transmissão ao vivo, das 15h às 17h. A inscrição é gratuita.

Leia Mais

Encontro de asfalto: tudo o que você precisa saber sobre o setor de pavimentação

Nos próximos anos, o Brasil fará importantes investimentos em infraestrutura, inclusive no setor de pavimentação. E para incentivar o aprimoramento desse setor, fazem-se necessário o desenvolvimento de novas tecnologias, a gestão eficiente dos projetos de pavimentação asfáltica, a otimização dos recursos naturais e a qualificação da mão de obra. Além da construção de vias duráveis associadas à segurança da vida humana e à preservação do meio ambiente.

Pensando nisso, o IBP irá realizar o “Encontro de Asfalto 2021”, um evento virtual que tem como objetivo abordar os principais assuntos que vêm sendo discutidos no setor de pavimentação asfáltica e os avanços tecnológicos ocorridos na engenharia rodoviária.

Fique por dentro das principais pautas que vêm sendo debatidas no setor de pavimentação asfáltica e os avanços tecnológicos ocorridos na engenharia rodoviária com convidados especialistas no assunto.

As palestras contarão com a presença de Luiz Guilherme, DNIT, Wander Omena, ABEDA, e Laura Motta e Leni Leite, ambas da COPPE da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

O evento será no dia 22 de junho, das 15h às 17h. Os interessados devem se inscrever no link abaixo:

https://cloud.crm.ibp.org.br/encontro-de-asfalto-2021?j=12279&sfmc_sub=4029035&l=841_HTML&u=242867&mid=514012082&jb=0

Leia Mais

Informações básicas sobre materiais asfálticos – IBP

O Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP) publicou um documento técnico em suas redes sociais chamado INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE MATERIAIS ASFÁLTICOS, onde consta a importância das características dos agregados no desempenho das misturas asfálticas.

Este documento foi elaborado pelo corpo técnico da Comissão de Asfaltos do IBP, com o objetivo de subsidiar os profissionais das diversas áreas de atuação rodoviária, bem como da área acadêmica.

Foi gravado um vídeo para a divulgação desta publicação, que conta com a participação dos responsáveis pela elaboração do documento. A publicação está disponível no Youtube e no site do IBP, conforme links abaixo:

Leia Mais

Novo centro de calibração da Dynatest inicia operação

É com grande satisfação que anunciamos o início da operação do novo Centro de Calibração da Dynatest Engenharia para equipamentos do tipo Falling Weight Deflectometer (FWD), que acaba de ser certificado pela AASHTO.

A Dynatest Engenharia conta agora com 3 profissionais certificados com proficiência para calibração do FWD reconhecidos pela AASHTO.

O FWD tem como finalidade conhecer a bacia de deflexão de pavimentos rígidos e flexíveis, simulando o impacto de uma roda em movimento a partir da aplicação dinâmica de cargas. Desse modo, com o compromisso de garantir a máxima qualidade na avaliação de pavimentos e a transparência dos seus serviços, a Dynatest disponibiliza em suas instalações na cidade de Jacareí-SP, seu Centro de Calibração, cujos serviços poderão ser acompanhados pelos clientes.

Assim como recomendado nas especificações do fabricante, para equipamentos do tipo deflectômetro de impacto é necessário que sejam feitas calibrações anuais, chamadas calibrações de referência, a fim de garantir a acurácia e confiabilidade nas informações coletadas com o equipamento.

As calibrações garantem a confiabilidade nos resultados dos levantamentos deflectométricos ao longo da vida útil do equipamento, pois a utilização contínua do equipamento FWD afeta a precisão na coleta de informações, prejudicando os resultados das avaliações.

Para padronizar e regulamentar os métodos de calibração do FWD e de outros equipamentos de medição, segue-se a norma R-32 da American Association of State Highway and Transportation Officials (AASHTO).

A calibração é feita na célula de carga e nos sensores do equipamento, conhecidos como geofones que são os responsáveis pelas leituras das deflexões do pavimento. Ao final do processo, é emitido um Certificado de Calibração, que garante que o equipamento está apto para uso e com a confiabilidade recomendada pelo fabricante.

Essa grande notícia permitirá que os administradores, consultores, pesquisadores e proprietários de equipamentos do tipo FWD possam acompanhar de perto as calibrações dos equipamentos que forem efetuar levantamentos de pavimentos em suas redes rodoviárias.

Leia Mais

Recomendações da ANAC para utilização de equipamentos FWD e HWD em aeroportos

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) emitiu um alerta (001/20219) aos operadores de aeródromos visando orientar sobre as cargas utilizadas em Ensaios Não Destrutivos (END) com o objetivo de se determinar a resistência dos pavimentos aeroportuários pelo método ACN/PCN referido na seção 153.103 do Regulamento Brasileiro da Aviação Civil – RBAC n° 153 e cujas orientações detalhadas encontram-se na IS 153.103-001 – revisão A.

De forma resumida, consta no documento que, os equipamentos mais utilizados para levantamento das bacias de deflexão em pavimentos são o FWD (Falling Weight Deflectometer) e o HWD (Heavy Weight Deflectometer). O FWD pode, em função do fabricante, aplicar uma carga que varia entre 7 e 240 kN, enquanto o HWD pode aplicar cargas de 13 até pouco mais de 300 kN.

Nesse sentido, a ANAC destaca a necessidade dos operadores de aeródromos – no processo de avaliação ou contratação de tal serviço – atentarem para o uso de cargas compatíveis às aeronaves em operação ou que pretendam operar no aeródromo. Consta também no documento uma tabela com diversos equipamentos de ensaios não destrutivos com suas respectivas cargas de forma orientativa.

Portanto, o alerta em questão, no final do documento, recomenda o seguinte:

  • Os operadores de aeródromos devem atentar para a compatibilidade das cargas utilizadas por empresas contratadas na realização de ensaios não destrutivos visando à determinação do PCN de pavimentos aeroportuários;
  • Para essa finalidade, os principais equipamentos disponíveis atualmente são o FWD e o HWD, cuja principal diferença entre eles consiste na intensidade da carga aplicada ao pavimento. Nesse sentido, uma análise da compatibilidade da carga aplicada ao pavimento por aeronaves e a carga a ser utilizada pelo equipamento de ensaio deve ser realizada.
Leia Mais

Novo centro de calibração da Dynatest inicia operação

É com grande satisfação que anunciamos o início da operação do novo Centro de Calibração da Dynatest Engenharia para equipamentos do tipo Falling Weight Deflectometer (FWD), que acaba de ser certificado pela AASHTO.

A Dynatest Engenharia conta agora com 3 profissionais certificados com proficiência para calibração do FWD reconhecidos pela AASHTO.

O FWD tem como finalidade conhecer a bacia de deflexão de pavimentos rígidos e flexíveis, simulando o impacto de uma roda em movimento a partir da aplicação dinâmica de cargas. Desse modo, com o compromisso de garantir a máxima qualidade na avaliação de pavimentos e a transparência dos seus serviços, a Dynatest disponibiliza em suas instalações na cidade de Jacareí-SP, seu Centro de Calibração, cujos serviços poderão ser acompanhados pelos clientes.

Assim como recomendado nas especificações do fabricante, para equipamentos do tipo deflectômetro de impacto é necessário que sejam feitas calibrações anuais, chamadas calibrações de referência, a fim de garantir a acurácia e confiabilidade nas informações coletadas com o equipamento.

As calibrações garantem a confiabilidade nos resultados dos levantamentos deflectométricos ao longo da vida útil do equipamento, pois a utilização contínua do equipamento FWD afeta a precisão na coleta de informações, prejudicando os resultados das avaliações.

Para padronizar e regulamentar os métodos de calibração do FWD e de outros equipamentos de medição, segue-se a norma R-32 da American Association of State Highway and Transportation Officials (AASHTO).

A calibração é feita na célula de carga e nos sensores do equipamento, conhecidos como geofones que são os responsáveis pelas leituras das deflexões do pavimento. Ao final do processo, é emitido um Certificado de Calibração, que garante que o equipamento está apto para uso e com a confiabilidade recomendada pelo fabricante.

Essa grande notícia permitirá que os administradores, consultores, pesquisadores e proprietários de equipamentos do tipo FWD possam acompanhar de perto as calibrações dos equipamentos que forem efetuar levantamentos de pavimentos em suas redes rodoviárias.

http://www.aashtoresource.org/fwd/certified-operators

Leia Mais

Brasil, um país de rodovias

O Brasil é conhecido por ser um país de investimentos contínuos no transporte rodoviário, sendo o principal modal utilizado para transportar cargas por toda a sua extensão territorial.

Atualmente, mais de 62% de todo o sistema de transporte brasileiro é rodoviário, e 58% das cargas que são transportadas utilizam o meio rodoviário, ou seja, o setor rodoviário brasileiro é especialmente importante pela grande participação que detém no transporte de cargas.

História das rodovias

O rodoviarismo no Brasil é uma aposta desde o início do século XX. Ainda em meados dos anos 1920, o então governador do Estado de São Paulo, Washington Luis, fez a seguinte afirmação: “Governar é fazer estradas”. Foi ele o responsável por projetar e modernizar estradas no interior do estado e para o litoral, em direção ao Porto de Santos.

Mas foi durante o governo de Juscelino Kubitschek (1956-1961) que o rodoviarismo foi implementado de maneira incondicional. A intenção do então presidente da república era, com a implementação da capital em Brasília, integrar o país de norte a sul por meio das rodovias.

A partir daí, o investimento em rodovias por todo o território nacional só cresceu. De 8.675 km em 1960, a malha rodoviária federal pavimentada cresceu para 47.487 km em 1980.

Grandes obras

O Rodoanel Metropolitano de São Paulo, chamado de Mário Covas, é uma das obras rodoviárias mais relevantes da América Latina, e um exemplo da importância das rodovias bem planejadas e executadas para o fluxo das estradas no país.

A obra, que é resultado de um Termo de Compromisso entre a união e o estado de São Paulo e o Consórcio Dynatest / Pacs, se destaca não só pela construção de alta complexidade, mas principalmente pelo impacto positivo na logística que beneficia a sociedade.

Leia Mais

Entenda o funcionamento do Perfilômetro Laser

Um dos pilares da Dynatest Engenharia é investir em equipamentos e softwares de alta tecnologia para garantir o planejamento, execução e manutenção ideal de seus projetos. Pensando nisso, a Dynatest disponibiliza o Perfilômetro Laser (RSP) para que seja um equipamento eficaz para os engenheiros na obtenção de medidas automáticas e de alta precisão da irregularidade superficial e outros defeitos associados.

O RSP obtém medidas contínuas, em velocidade de tráfego, dos perfis longitudinais e transversais, incluindo a irregularidade em tempo real (IRI – International Roughness Index).

Esse índice de rugosidade é utilizado por profissionais que operam obras em rodovias por todo mundo, como um procedimento padrão de medição para identificar e quantificar a irregularidade da superfície da estrada. O cálculo é feito por meio de um modelo matemático, cuja resposta é acumulada para produzir um índice de rugosidade com unidades de inclinação.

Os sensores e acelerômetros do RSP são interligados a uma unidade central de processamento, que armazenam os dados levantados em um computador dentro do veículo. São calculados em tempo real os parâmetros de medição da irregularidade longitudinal em intervalos mínimos de 25 mm até um máximo de 1,6 km.

A utilização do Perfilômetro Laser em empreendimentos rodoviários possui diversas vantagens, como:

  • Alta precisão das medidas;
  • Índices calculados em tempo real;
  • Medições em altas velocidades;
  • Obtenção de dados em áreas urbanas com o dispositivo “Stop & Go”;
  • Avaliação contínua da textura do pavimento;
  • Processo preciso de calibração;
  • Suporte técnico mundial da Dynatest.

Contar com o serviço de uma equipe técnica altamente qualificada e que utiliza tecnologia de ponta em seus projetos é fundamental para garantir a segurança de todas as pessoas envolvidas, desde o desenvolvimento até a conservação e manutenção da obra.

Leia Mais

Saiba mais sobre o serviço de Assessoria Técnica a Obras prestado pela Dynatest

A Dynatest Engenharia, fundada em 1988, é uma das maiores referências brasileiras em engenharia consultiva. Com atuação pioneira, técnica e inovadora, utiliza os mais modernos equipamentos e softwares em cada projeto. Além da ampla experiência em diversos tipos de serviços e equipe técnica altamente qualificada.

O portfólio de serviços da empresa passa pelo planejamento, projeto, desenvolvimento, implantação e gerenciamento de obras nos modais rodoviário, aeroviário, portuário, ferroviário e na área viária urbana. Abaixo, saiba mais sobre o serviço de Assessoria Técnica a Obras prestado pela Dynatest.

No escopo de monitoramento e controle de qualidade de projetos, consultores e especialistas realizam a Assessoria Técnica a Obras, conhecido também como ATO. Este serviço é essencial para garantir a qualidade e cumprimento das exigências da contratante e da legislação vigente. Dentro do programa, a Dynatest oferece consultoria especializada em equipamentos, processos, estudos alternativos e análise de comportamento estrutural para programas rodoviários e demais obras.

A empresa, além de possuir conhecimento e experiência na elaboração de estudos e projetos viários, auxilia no processo de gestão de documentos técnicos de grandes empreendimentos. Com seu know-how, colabora com as equipes de construção, a fim de agilizar e otimizar processos de tomada de decisão.

As etapas acima tornam a Assessoria Técnica a Obras imprescindível para trabalhos de infraestrutura de transporte. O serviço apresenta soluções de planejamento e aponta caminhos assertivos para o desenvolvimento e execução das obras. E para garantir melhores resultados, a equipe da Dynatest conta com especialistas e consultores experientes para a realização da ATO. Entre em contato e saiba mais.

Leia Mais